FGTS: saque adicional de recursos vai beneficiar 10,1 milhões de pessoas com R$ 2,6 bi até o Natal

FGTS: saque adicional de recursos vai beneficiar 10,1 milhões de pessoas com R$ 2,6 bi até o Natal

Comunicação Destaque Notícias

A Caixa Econômica Federal aguarda a sanção da lei que autoriza os saques do FGTS para liberar até o Natal R$ 2,6 bilhões para 10,1 milhões de trabalhadores que terão direito a um saque adicional nas suas contas do fundo. O valor complementar se deve à mudança que o Congresso fez no texto da medida provisória (MP), que autorizou o saque.

A proposta original fixou limite de R$ 500 por conta e o projeto aprovado pelo Congresso permite a retirada de todo o saldo para quem tinha até um salário mínimo na conta (R$ 998) em 24 de julho, data da edição da MP. Segundo dados oficiais, 12,3 milhões de contas serão beneficiadas.

A Caixa já está preparada para fazer os pagamentos e aguarda a sanção do projeto pelo presidente Jair Bolsonaro. Diferentemente do cronograma de saque em andamento, as retiradas poderão ser feitas, de uma só vez, independentemente da data de nascimento do trabalhador, segundo fontes da equipe econômica. Também será possível sacar os recursos nas agências lotéricas. Quem tem conta poupança no banco terá o crédito automático.

Leia mais em O Globo

 

Presidente do BNDES diz que não faltam recursos para saneamento

Presidente do BNDES diz que não faltam recursos para saneamento

Comunicação Destaque Notícias

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Gustavo Montezano, disse que não faltam recursos para investimentos em saneamento no país. O que é preciso é melhorar a gestão do dinheiro, defendeu, no encontro BNDES com ‘S’ de Social e de Saneamento.

Ele disse que tanto o BNDES, como o Brasil, cometeram erros na agenda de saneamento e, diante disso, atualmente o país tem 100 milhões de pessoas vivendo sem saneamento básico. “Tem dinheiro para investir em saneamento. O que falta é uma priorização nossa como país, uma organização nossa como sociedade, e uma vontade política de assim fazê-lo. A gente está prestes a resolver isso. Se Deus quiser, com a aprovação do Marco do Saneamento, a gente abre uma nova fase de tratamento de água, de proteção de água e de proteção ambiental para o povo brasileiro”, disse.

Para Montezano, o banco tem uma posição fundamental, vontade e capacidade de ajudar nesse processo. “A gente quer ser o principal articulador nacional na agenda do saneamento. Com o S de social, ele [social] é o nosso carro-chefe, porque como a gente pode pensar em educação para quem não tem saneamento, em saúde para quem não tem saneamento, desenvolvimento econômico e proteção ambiental, sem saneamento. Para isso é necessário modelagem financeira e conversar com investidores, políticos. Se tem uma instituição bem posicionada em pensar o Brasil, essa instituição é o BNDES”, disse.

O presidente do BNDES disse que o banco está aberto a sugestões na área de saneamento. “Por favor nos tragam sugestões, ideias e opiniões. A ideia é gerar debates com diferentes visões, porque o debate aberto e apolítico agrega valores para todos nós para um Brasil mais justo e mais igual”.

Marco
O relator do projeto de lei que define um marco para a área de saneamento, deputado federal Geninho Zuliani (DEM-SP), disse que está otimista com o início das discussões em plenário na próxima segunda-feira (9).

“O papel do relator não é imprimir a sua vontade ao texto”, disse, acrescentando que o relator deve conviver com todo ambiente, do governo a empresários, que têm divisão de opinião, cada um pensando de alguma forma.

De acordo com o deputado, seu papel é ouvir, ser convencido e tentar convencer.

Agência Brasil

Em nova reunião com Guedes, Leite busca vencer obstáculos para incluir RS no Regime Fiscal

Em nova reunião com Guedes, Leite busca vencer obstáculos para incluir RS no Regime Fiscal

Comunicação Destaque Notícias

O governador Eduardo Leite (PSDB) participa, na terça-feira, da quinta reunião do ano com o ministro da Economia, Paulo Guedes, em Brasília, a fim de discutir as barreiras impostas pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN) para que o Estado assine adesão ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF). Em outubro, o governador apresentou a Guedes um plano de ajuste fiscal com impacto de R$ 60 bilhões em seis anos. No encontro, o tucano tratou sobre a adesão ao RRF sem afiançar a privatização do Banrisul.

Desde 2017, o Palácio Piratini busca ingressar no programa, que garante a suspensão do pagamento das parcelas da dívida com a União por ao menos três anos, além da ampliação da capacidade de endividamento do governo estadual. Os técnicos da Fazenda estadual superaram alguns obstáculos, desde então, mas o governo federal ainda lista três pré-requisitos para autorizar a adesão do RS ao RRF. O mais delicado envolve a metodologia contábil adotada para definir o percentual da Receita Corrente Líquida (RCL) comprometido pelo Estado com despesas de pessoal.

Leia mais no Correio do Povo

Embaixadores da UE discutem iniciativas econômicas para Porto Alegre

Embaixadores da UE discutem iniciativas econômicas para Porto Alegre

Comunicação Destaque Notícias

Uma comitiva de embaixadores de 18 países da União Europeia (UE) discutiu temas do Pacto Alegre e as oportunidades de trocas bilaterais de investimentos. O encontro foi realizado, nesta sexta-feira, na Associação Comercial de Porto Alegre (ACPA). A atividade contou com as presenças do Embaixador da União Europeia no Brasil, Ignacio Ybáñez, do secretário de Relações Institucionais, Christian Lemos, e da primeira-dama do município, Tainá Vidal.

O coordenador do Pacto Alegre e professor da Escola de Engenharia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), Luiz Carlos Pinto da Silva Filho, realizou um relato aos europeus das ações do projeto. Segundo ele, o Pacto Alegre está começando a projetar a Capital tendo a inovação, a criatividade e as pessoas como fatores centrais. “A nossa proposta é colocar a Capital no mapa dos ecossistemas de inovação, do empreendedorismo e da geração de oportunidades”, explicou. Sobre o Pacto Alegre, Luiz Carlos destacou que a iniciativa foi lançada em novembro de 2018 e que reúne 85 entidades dos segmentos acadêmico, empresarial, de governo e da sociedade em busca de articulação e eficiência na realização de projetos transformadores e com amplo impacto para a cidade. “O objetivo dos organizadores é criar condições para que a capital gaúcha se transforme em um polo de inovação, atração de investimentos e empreendedorismo, com o compartilhamento de recursos e parcerias com o poder público e a iniciativa privada”, acrescentou.

Leia mais no Correio do Povo

Caracol recebe esporte radical

Caracol recebe esporte radical

Comunicação Destaque Notícias

Um grupo de seis paulistas e dois catarinenses realiza hoje (7) e domingo (8), no Parque Estadual do Caracol, uma atividade de pura adrenalina. Trata-se do Rope Jump, um esporte radical que se parece com o bungee jumping, mas diferentemente dele, não utiliza cordas elásticas e a forma de prendê-las ao corpo do atleta é muito mais elaborada. Usando cordas semi-estáticas a absorção da energia da queda se dá pelo movimento pendular, por isso, a prática também é conhecida como pêndulo humano.

A atividade, realizada na frente da cascata do Caracol, acontecerá das 9h às 16h, nos dois dias, em intervalos de meia e meia hora.

O ingresso do Parque do Caracol custa R$ 20,00 sendo que crianças, idosos e estudantes (com carteirinha) pagam R$ 10,00. O canelense com comprovante de endereço tem acesso gratuito.

Mutirão fará diagnóstico precoce de câncer de pele em todo o país

Mutirão fará diagnóstico precoce de câncer de pele em todo o país

Comunicação Destaque Notícias

Cinco mil dermatologistas participam hoje (7), no Dia Nacional de Prevenção do Câncer de Pele, do mutirão de atendimento gratuito à população para o diagnóstico precoce da doença. A iniciativa marca o início da campanha Dezembro Laranja, promovida anualmente pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

O atendimento será realizado de 9h às 15h, em todo o país, nos 130 postos espalhados em diversas cidades, que podem ser identificados no site da instituição.

O primeiro mutirão foi realizado em Goiânia (GO), em 1998, tornando-se uma ação nacional a partir do ano seguinte. Desde 1999, o evento já beneficiou mais de 600 mil pessoas.

Neste ano, a 21ª Campanha Nacional do Câncer de Pele deve atender 30 mil pessoas.

Há cerca de cinco anos, o mutirão entrou para o livro de recordes Guiness como a maior campanha de uma especialidade médica. Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, há cerca de 180 mil novos da doença por ano. Quando descoberta no início, a chance de cura é noventa por cento.

O coordenador do Departamento de Cirurgia Micrográfica de Pele da SBD, Luiz Fernando Fleury, destacou hoje (6), em entrevista à Agência Brasil, disse que esse é o câncer mais frequente no ser humano, porque ocorre no maior órgão do corpo, que é a pele, onde há também a maior incidência. “Felizmente, a maioria não mata, mas isso não significa que não cause problemas, pois pode se infiltrar nos órgãos e levar à morte”.

Melanoma
Há dois tipos de câncer de pele. O mais grave é o câncer de pele melanoma, que tem mais risco de provocar metástase. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), esse tipo de câncer “é mais frequente em adultos brancos” e pode aparecer em qualquer parte do corpo (pele ou mucosas), na forma de manchas, pintas ou sinais. Nas pessoas de pele negra, “pode ocorrer nas áreas claras, como palmas das mãos e plantas dos pés”.

No Dia Nacional de Combate ao Câncer de Pele
No Dia Nacional de Combate ao Câncer de Pele – Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
O número maior de diagnósticos feitos atualmente, aliada ao fato de que a população está vivendo mais, significa que haverámais câncer de pele, do qual um dos fatores de risco é o aumento cumulativo da exposição à radiação ultravioleta. “À medida que a população vive mais, é natural que haja mais câncer de pele”, ressaltou o médico.

A questão da proteção da pele contra os efeitos nocivos do Sol está mais fácil hoje do que há trinta ou quarenta anos, afirmou o dermatologista. “Temos mais recursos hoje, com filtro solar ou roupas de proteção”.

O mutirão e a campanha da SBD reforçam a importância da prevenção e do diagnóstico precoces. “Mais do que prevenir contra os fatores de risco, é importante chamar a atenção para o diagnóstico precoce. Acho que esse é o grande mérito da campanha, porque o câncer de pele, assim como qualquer outro câncer, quanto antes for diagnosticado, melhores serão as taxas de cura. É maior a possibilidade de cura quanto antes for diagnosticado (o câncer)”, disse Fleury.

Tipo comum
O tipo mais grave e agressivo de câncer de pele, o melanoma, qcausa mais de 1.700 óbitos anualmente e representa 4% do total de cânceres de pele. O mais comum é o carcinoma basocelular, que responde por cerca de 75% a 80% do total de cânceres de pele no país. Ele pode afetar locais nobres como nariz, orelha e regiões próximas dos olhos, levando a mutilações graves, informou Fleury.

O segundo tipo de câncer de pele mais comum é o carcinoma espinocelular (15% dos casos de pele).

A SBD está divulgando também a campanha em redes sociais, com apoio da imprensa, marcada com as ‘hashtags’ #DezembroLaranja e #SinaisdoCancerdePele.

Luiz Fernando Fleury recomendou que a população reforce a atenção com a pele. “Ao observar sinais que não cicatrizam, lesões que aparecem de repente, pintas que mudam de cor, de formato ou de tamanho, as pessoas devem procurar um dermatologista sem demora para fazer o possível diagnóstico. Porque o câncer de pele tem tratamento, principalmente se diagnosticado mais cedo”.

O médico alertou que, quando o diagnóstico é feito mais tarde, a evolução da doença é ruim. “É um câncer grave que pode evoluir para metástese em pulmão, gânglios linfáticos, cérebro. É bem grave”, concluiu.

Agência Brasil

Torcida colorada ganha mais uma opção de gastronomia no Estádio Beira-Rio

Torcida colorada ganha mais uma opção de gastronomia no Estádio Beira-Rio

Comunicação Destaque Notícias

WhatsApp Image 2019-12-05 at 17.05.18 (2)Muito além das quatro linhas, o Estádio Beira-Rio oferece diversas opções de gastronomia, entretenimento e lazer aos seus torcedores e frequentadores. Neste sábado, 07/12, será inaugurada a nova unidade do Avante Gastropub, bar e restaurante que ficará localizado na loja 22, ao lado do portão 4. O estabelecimento já funciona dentro do Estádio, no anel superior 5, em dias de jogos. A unidade externa terá funcionamento todos os dias, com almoço ao meio dia.

De acordo com o Chef Executivo, Josemar Coutinho, o Avante Gastropub entra no mercado priorizando uma cozinha de alta qualidade e um bar que serve bebidas ideais para um happy hour. “De nossa cozinha saem pratos preparados por nosso chef especialista no mix da gastronomia francesa, espanhola, brasileira e American Barbecue. Ao contrário dos demais restaurantes, onde o foco é a comida, e dos bares, as bebidas, o Avante une o melhor dos dois mundos, em um ambiente acolhedor e com preços acessíveis a todos os públicos”, destaca Coutinho.

Para a BRIO, empresa parceira do Sport Club Internacional na administração do Estádio Beira-Rio, a novidade vem para agregar ao comércio local, gerando empregos diretos e indiretos. “Cada vez mais buscamos novos parceiros com o objetivo de provocar experiências diferenciadas ao torcedor colorado e frequentadores da casa colorada, além, é claro, de impulsionar a geração de trabalho e a economia da Capital gaúcha”, ressalta o CEO da holding, Paulo Pinheiro.

A novidade ainda contará com serviço de Delivery. Pedidos e mais informações pelo telefone (51) 3398-2331.

Evento do POD reúne neste sábado (7), jovens de áreas vulneráveis da Região Metropolitana

Evento do POD reúne neste sábado (7), jovens de áreas vulneráveis da Região Metropolitana

Comunicação Destaque Notícias

Com a presença de jovens dos seis Centros da Juventude (CJs) – Rubem Berta, Lomba do Pinheiro, Cruzeiro, Restinga, Viamão e Alvorada –, a Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos promove no sábado (7/12), no campus da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (Uergs), a Social do Programa de Oportunidades e Direitos (POD). São esperados mais de 300 adolescentes. O tema desta edição é a consciência negra.

Serão realizadas oficinas de make up, turbantes, percussão, penteados afro, capoeira e abayomi. Nas rodas de conversa, os projetos abordados serão os seguintes: Curte Cultura; Minas Poderosas; Lacrou Bee; Saúde da Galera; É Nóix no Esporte, Manda Bem na Educação e Papo Reto Teus Direitos.

“Queremos agradecer à Uergs pela acolhida aos nossos jovens. A Social do POD é um momento marcante para eles, de muita interação e aprendizado. Também será uma excelente oportunidade para falarmos das mudanças ocorridas recentemente e nas boas perspectivas para o ano de 2020”, afirma o secretário de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Catarina Paladini.

A Social do POD tem início às 10h. Às 10h30, todos os CJs farão apresentações de música, arte e dança – a critério dos próprios jovens. As oficinas ocorrem às 14h, e as rodas de conversa estão marcadas para as 15h15. O encerramento será às 16h15, com show da cantora trans Valéria Houston.

Dólar cai para R$ 4,146 e fecha no menor nível em quase um mês

Dólar cai para R$ 4,146 e fecha no menor nível em quase um mês

Comunicação Destaque Notícias

Em um dia de ganhos no mercado financeiro, a bolsa repetiu recorde e a moeda norte-americana fechou no menor nível em quase um mês. O dólar comercial nesta sexta-feira (6) foi vendido a R$ 4,146, com queda de R$ 0,043 (-1,02%). A moeda norte-americana está no menor nível desde 11 de novembro (R$ 4,14).

Essa foi a quinta sessão seguida de queda. Com o desempenho de hoje, o dólar encerra a semana com recuo de 2,25%, a maior desvalorização para uma semana desde outubro.

Nesta semana, o Banco Central continuou intervindo no câmbio, mas em ritmo menor. A autoridade monetária vendeu à vista US$ 500 milhões das reservas internacionais por dia de segunda a sexta, contra leilões diários de US$ 1 bilhão na semana passada. No início da noite, o BC informou que venderá US$ 500 milhões no leilão de segunda-feira (9).

No mercado de ações, o dia também foi de otimismo. O índice Ibovespa, da B3, antiga Bolsa de Valores de São Paulo, voltou a bater recorde e fechou aos 111.126 pontos, com alta de 0,42%. Essa foi a terceira sessão seguida de recorde da bolsa.

Agência Brasil