Jornal turco diz que Ghosn fugiu em caixa de equipamento de som

Jornal turco diz que Ghosn fugiu em caixa de equipamento de som

Comunicação Destaque Notícias

Um jornal turco informou que o ex-presidente do Conselho de Administração da Nissan Motor Carlos Ghosn violou os termos de sua liberdade sob fiança e fugiu do Japão, sem que as autoridades de imigração percebessem, escondido na carga de jatos particulares.

Ghosn teria partido ilegalmente do Japão e entrado no Líbano na segunda-feira passada (30), usando dois jatos particulares de uma companhia aérea turca. Uma proibição de viagens ao exterior estava entre as condições de sua liberdade sob fiança.

O jornal turco Aksam citou fontes segundo as quais dois americanos embarcaram no primeiro jato em Dubai, no domingo passado, e voaram para Osaka. O avião carregava duas caixas grandes especiais para transporte de equipamento de áudio.

O jornal diz que as caixas eram grandes demais para passar pelas máquinas de raios X em um aeroporto de Osaka, então detectores portáteis foram utilizados para verificá-las. O jornal informa ainda, de acordo com as mesmas fontes, que Ghosn teria deixado o Japão sem passar pela imigração, utilizando as caixas.

As fontes teriam informado que os dois americanos disseram aos tripulantes para não incomodá-los e os mantiveram fora da sala para convidados durante o voo.

Quando os dois foram transferidos para a segunda aeronave em Istambul, um funcionário de alto escalão da companhia aérea teria afastado os tripulantes durante os procedimentos.

Investigadores turcos prenderam posteriormente o funcionário e continuam as investigações.

Por NHK* Tóquio *Emissora pública de televisão do Japão

Trump promete “forte retaliação” caso Irã contra-ataque

Trump promete “forte retaliação” caso Irã contra-ataque

Comunicação Destaque Notícias

O presidente norte-americano, Donald Trump, alertou o Irã sobre a possibilidade de “forte retaliação” caso Teerã responda ao assassinato, pelos Estados Unidos (EUA), do general iraniano Qassem Soleimani, em um ataque de drone na semana passada.

Trump falou à imprensa nesse domingo (5), a bordo do avião presidencial, quando voltava para Washington após visita ao estado da Flórida.

Líderes iranianos vêm indicando que Teerã pode retaliar contra o assassinato de Qassem Soleimani, ocorrido no Iraque na semana passada.

O Parlamento do Iraque também se pronunciou sobre o ataque ocorrido em território iraquiano e aprovou resolução pedindo a saída de tropas estrangeiras do país, incluindo as dos Estados Unidos.

Trump manifestou descontentamento com a decisão. Ele afirmou que se o Iraque pedir a retirada das tropas americanas, Washington vai impor sanções jamais vistas contra Bagdá.

Irã
O corpo do alto comandante militar iraniano Qassem Soleimani foi enterrado nesta segunda-feira. Ele morreu durante um ataque de drone dos Estados Unidos, na sexta-feira (3), perto do Aeroporto Internacional de Bagdá, no Iraque. Homenagens foram prestadas em todo o país. O caixão foi levado da cidade de Ahvaz, no sudoeste do Irã, para a capital, Teerã.

O Irã promete retaliações contra os EUA pela morte de Soleimani. Grupos armados da região, solidários ao Irã, também juram vingança.

No Líbano, o líder do grupo muçulmano xiita Hezbollah, Sayyed Hassan Nasrallah, disse ser necessário retaliar. Segundo ele, o objetivo do chamado Eixo de Resistência é expulsar tropas dos Estados Unidos de toda a região. Ele disse que o Hezbollah vai trabalhar com o Irã e o governo do presidente da Síria, Bashar al-Assad.

Por NHK* Tóquio Emissora pública de televisão do Japão

Limite de juros para cheque especial começa a valer hoje

Limite de juros para cheque especial começa a valer hoje

Comunicação Destaque Notícias

Modalidade de crédito com taxas que quadruplicam uma dívida em 12 meses, o cheque especial terá juros limitados a partir de hoje (6). Os bancos não poderão cobrar taxas superiores a 8% ao mês, o equivalente a 151,8% ao ano.

A limitação dos juros do cheque especial foi decidida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) no fim de novembro. Os juros do cheque especial encerraram novembro em 12,4% ao mês, o que equivale a 306,6% ao ano.

Ao divulgar a medida, o Banco Central (BC) explicou que o teto de juros pretende tornar o cheque especial mais eficiente e menos regressivo (menos prejudicial para a população mais pobre). Para a autoridade monetária, as mudanças no cheque especial corrigirão falhas de mercado nessa modalidade de crédito.

Conforme o BC, a regulamentação de linhas emergenciais de crédito existe tanto em economias avançadas como em outros países emergentes. Segundo a autoridade monetária, o sistema antigo do cheque especial, com taxas livres, não favorecia a competição entre os bancos. Isso porque a modalidade é pouco sensível aos juros, sem mudar o comportamento dos clientes mesmo quando as taxas cobradas sobem.

Tarifa
Para financiar em parte a queda dos juros do cheque especial, o CMN autorizou as instituições financeiras a cobrar, a partir de 1º de junho, tarifa de quem tem limite do cheque especial maior que R$ 500 por mês. Equivalente a 0,25% do limite que exceder R$ 500, a tarifa será descontada do valor devido em juros do cheque especial.

Cada cliente terá, a princípio, um limite pré-aprovado de R$ 500 por mês para o cheque especial sem pagar tarifa. Se o cliente pedir mais que esse limite, a tarifa incidirá sobre o valor excedente. O CMN determinou que os bancos comuniquem a cobrança ao cliente com 30 dias de antecedência.

Agência Brasil

Piratini avalia convocação da Assembleia para fim de janeiro

Piratini avalia convocação da Assembleia para fim de janeiro

Comunicação Destaque Notícias

O Executivo gaúcho pretende convocar extraordinariamente a Assembleia Legislativa, entre 27 e 31 de janeiro, para a votação de projetos remanescentes do pacote de reformas do Estado e inclusão de matérias de autoria de parlamentares que tiveram as apreciações adiadas em dezembro e estariam aptas para análise na volta do recesso parlamentar, em fevereiro. A definição da pauta, no entanto, será tratada com as bancadas ao longo desta semana, a partir da próxima quarta-feira, em reuniões com as lideranças dos partidos da base aliada e coordenadores de bancada.

Leia mais no Jornal do Comércio

Segunda-feira promete calor escaldante no Rio Grande do Sul

Segunda-feira promete calor escaldante no Rio Grande do Sul

Comunicação Destaque Notícias

Depois de um final de semana onde as temperaturas não castigaram os gaúchos tão fortemente, o carlor escandalte e forte sol retornam ao Rio Grande do Sul. na segunda-feira. A massa de ar quente ganha força e a tarde será tórrida com marcas ao redor dos 40ºC em algumas cidades, como da Grande Porto Alegre e dos vales. O aquecimento induzirá a formação de nuvens e, com o deslocamento de frente fria de fraca atividade e desorganizada, áreas de instabilidade se formam com chuva irregular, sobretudo no Sul, Oeste e o Centro gaúcho.

Leia mais no Correio do Povo

Movimento intenso marca retorno do Litoral em direção a Porto Alegre

Movimento intenso marca retorno do Litoral em direção a Porto Alegre

Comunicação Destaque Notícias

A expectativa se cumpriu e o domingo foi o dia mais movimentado no retorno do Litoral Norte em direção a Porto Alegre após o feriadão de Ano Novo. De acordo com a concessionária que administra a Freeway (BR 290), CCR Via Sul, durante todo o dia a movimentação foi intensa no trecho. Antes das 19h, 30 mil veículos já haviam retornado das praias para a Capital. Até o final da noite, pelo menos 58 mil passaram pela rodovia.

Para efeitos de comparação, na quarta-feira, 1º de janeiro, 51 mil veículos retornaram do Litoral Norte para Porto Alegre e na quinta, dia 2, foram 55 mil. A partir das 13h deste domingo iniciou a operação papa-fila no pedágio de Gravataí, com o objetivo de reduzir o tempo de espera no trecho e evitar congestionamentos.

Leia mais no Correio do Povo

Bolsonaro diz que juiz de garantia não é ataque à Lava Jato

Bolsonaro diz que juiz de garantia não é ataque à Lava Jato

Comunicação Destaque Notícias

O presidente Jair Bolsonaro disse ontem (4), durante uma live no Facebook, que o instrumento do juiz de garantia não representa um ataque à Operação Lava Jato. A figura do juiz de garantia está prevista no projeto anticrime, aprovado pelo Congresso Nacional e sancionado pelo presidente na semana passada.

Pela nova lei, o magistrado responsável pela condução do processo (juiz de garantias) não vai proferir a sentença do caso.

“O juiz de garantias, apesar das críticas que recebeu, não é nenhum ataque à Lava Jato. Vai demorar anos para ser colocado em prática. [O instrumento] já existe no Brasil, que são as centrais de inquérito. A própria Lava Jato não teve só o [Sergio] Moro que trabalhou. […] Foram vários outros juízes do lado dele”, disse Bolsonaro.

O presidente também falou na live sobre o Fundo Eleitoral, outro tema que gerou críticas nas redes sociais. Segundo Bolsonaro, se o Parlamento tivesse aprovado um fundo de R$ 3,8 bilhões no Orçamento de 2020 ele teria como vetar, pois feriria o interesse público.

Em dezembro, o Congresso aprovou o Orçamento para 2020 com a previsão de R$ 2 bilhões para o Fundo Eleitoral. O texto seguiu para análise do presidente da República, a quem cabe sancioná-lo ou vetá-lo.

“Eu te pergunto posso vetar o orçamento da Educação? Não posso, porque está na lei, a mesma coisa da Saúde e a mesma coisa do Fundão, é [uma] lei de 2017. Se eu vetar incorre em crime de responsabilidade. Estou atentando contra a lei, corro o risco de impeachment. E qualquer um do povo pode entrar com o pedido de impeachment”, explicou o presidente.

Agência Brasil

Ar seco garante sol neste domingo no Rio Grande do Sul

Ar seco garante sol neste domingo no Rio Grande do Sul

Comunicação Destaque Notícias

O ar seco garante predomínio de sol desde cedo na maioria das regiões do Rio Grande do Sul neste domingo. A faixa Leste ainda terá períodos de maior nebulosidade e eventual chuva passageira, sobretudo, na faixa litorânea. A temperatura sobe mais a tarde e a máxima passa de 30°C em grande parte das regiões. No Oeste e Noroeste pode chegar a 35°C. Em Porto Alegre, a temperatura deve variar entre 19ºC e 32ºC

Na próxima semana, a previsão é do calor se intensificar em todas as áreas. Tem risco de pancadas de chuva e temporais isolados na Metade Norte na terça e na quarta.

Leia mais no Correio do Povo

Porto Alegre deve ter número recorde de candidaturas em 2020

Porto Alegre deve ter número recorde de candidaturas em 2020

Comunicação Destaque Notícias

Nas eleições de 2020, os eleitores de Porto Alegre podem ter que escolher entre um número recorde de candidaturas para a prefeitura da Capital. O cenário político indica que 21 partidos têm disposição de apresentar nomes ao Paço Municipal para a disputa eleitoral de outubro do ano que vem. Caso a expectativa se confirme, apesar das negociações ainda em curso, essa seria a eleição com o maior número de candidatos da história da cidade.

Desde 1985, com a redemocratização, os porto-alegrenses puderam novamente escolher pelo voto direto o prefeito da Capital. De lá para cá, a eleição com número recorde de candidaturas foi a de 1996, com 12 concorrentes. O pleito de 2000 teve 11 concorrentes e o de 1992, 10. Em 1985, 1988, 2004, 2008, 2012 e 2016, o número de candidatos não passou de nove.

Há algumas circunstâncias que influenciam a pulverização de candidaturas em 2020. Um dos elementos diz respeito à política nacional, que, na eleição de 2018, fez uma transição entre um projeto mais alinhado à esquerda – com a chapa PT-MDB, eleita em 2014 – e uma candidatura de direita, com a vitória de Jair Bolsonaro (então, PSL). Muitos partidos veem na instabilidade política uma oportunidade de crescimento – seis novas siglas, por exemplo, surgiram desde os protestos de junho de 2013.

Leia mais no Jornal do Comércio