RS: Desembargador libera ladrão de gado com base em decisão do STF sobre Segunda Instância

RS: Desembargador libera ladrão de gado com base em decisão do STF sobre Segunda Instância

WhatsApp Image 2019-12-04 at 13.52.48De um lado o susto que se leva ao constatar que o preço da carne subiu 50% nos últimos 45 dias. o maior aumento dos últimos 3o anos. A solução?  Mudar o cardápio e torcer para que o preço das carnes de aves e peixes não disparem nos mesmo índices que a bovina. De outro lado, o susto que eu levei ao tomar conhecimento da sentença do desembargador José Conrado Kurtz de Souza, que liberou um ladrão de gado.

Baseado na decisão do Supremo Tribunal Federal, ele determinou a suspensão da execução provisória da pena, devendo ser aguardado o trânsito em julgado para o início do cumprimento da condenação. Sabe aquele papo, que a decisão do STF iria beneficiar “apenas” o Lula e “alguns” envolvidos em crime de corrupção? Como muitos avisaram… Não é bem assim! Tem assassino e outros bandidos que já saíram. e agora mais esse meliante. A Brigada Militar se arrisca para prender os bandidos, quatro delegacias de polícia especializadas foram criadas para repressão aos crimes rurais e depois de muito trabalho conseguiram reduzir o número de abigeatos no Rio Grande do Sul.  Em 2016 foram registradas dez mil ocorrências, em 2018 esse número caiu para 6 mil. Mas ainda é muito alto, todo dia tem notícias sobre roubo de gado , em algum ponto do Estado.

Todo esse esforço da nossa Força Policial, para depois de prender, o Ministério Público oferecer denuncia e a Justiça condenar em Primeira e Segunda Instância, os policiais militares e civis verem o bandido sair da cadeia pela porta da frente. Tudo isso, porque o STF decidiu que não basta um Juiz condenar e uma Turma de Desembargadores confirmarem a prisão. Para os Supremos Ministros, que andam por aí acompanhados de segurança especial, precisa mais, muito mais que isso para um assassino, um traficante, um corrupto, um ladrão de gado ficar trancafiado.

Qual a motivação da Brigada Militar e da Polícia Cívil para sair hoje e prender bandidos?  Imagino que seja baixa… A lei brasileira não é ruim, mas algumas interpretações que o STF faz dela, são  vergonhosas !!!

Destaque